Gata que tirou ferrovia do prejuízo ganha novo escritório

Tama, de 9 anos, virou ‘superchefe de estação’ em empresa japonesa.
‘É o quinto cargo mais importante da companhia’, diz a Wakayama Electric Railway.

Em tempos difíceis, os japoneses costumam dizer que vão pedir ajuda aos gatos. Uma companhia ferroviária, a Wakayama Electric Railway, levou o ditado ao pé da letra. Depois de acumular prejuízos, mandou todo mundo embora, automatizou a linha e, em janeiro de 2007, promoveu oficialmente um gato – ou, melhor, uma gata – a “chefe de estação”.

Filha de um gato de rua, Tama nasceu e cresceu nos arredores da estação Kishi, uma das dez estações da linha Kishigawa. Ela foi adotada por Toshiko Koyama, dona de uma mercearia vizinha.

Quando assumiu o posto, com uniforme e tudo, tinha 7 anos. Sua nomeação teve efeito imediato. O número de passageiros cresceu 17%. Hoje a linha tem mais de 2 milhões de novos usuários.

“Tama é a única no cargo de chefe de estação desde que tivemos que reduzir os custos com pessoal”, declarou Keiko Yamaki, porta-voz da Wakayama Electric. “Ela está nos trazendo sorte.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: